O que é ânodo de sacrifício e sua importância para o barco

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O que você vai ler neste post?

anodo-de-sacrificio

Embora o ânodo de sacrifício seja a menor peça presente em uma embarcação, trata-se de uma das peças mais importantes que garantem o bom funcionamento e estado de equipamentos metálicos em contato com a água. 

Se você nunca ouviu falar em ânodo de sacrifício, metal de sacrifício ou eletrodo de sacrifício, veja a seguir como essa pequena peça pode ser tão importante para a conservação de uma embarcação e quais são os cuidados que você precisa ter. 

metal-de-sacrificio
Entenda a importância do metal de sacrifício!

O que é ânodo de sacrifício?

O ânodo, anodo ou anódio, é uma peça que geralmente fica na motorização do barco, podendo estar na rabeta, leme ou eixo. Também é possível encontrar essa peça parafusada em outros equipamentos metálicos que ficam submersos na água. 

Como o próprio nome sugere, o ânodo de sacrifício é uma peça da embarcação que se sacrifica para garantir que as outras peças metálicas fiquem conservadas, mesmo estando submersas. 

Isso porque a água em contato com o oxigênio faz com que ocorra a corrosão das peças metálicas. No caso da água salgada do mar, o fator de corrosão é ainda maior e isso pode danificar rapidamente as peças metálicas imersas na água.

É por isso que o anodo de sacrifício existe, ele recebe toda a corrosão que iria para as outras peças para garantir que elas tenham uma vida mais longa. 

Leia também: Dicas de conservação da embarcação

Por que o ânodo de sacrifício é importante?

Basicamente, o ânodo de sacrifício é o que garante a vida longa de equipamentos metálicos muito importantes como o leme, eixo e rabeta, por exemplo. 

Sem o ânodo esses equipamentos teriam uma vida útil muito curta, principalmente se a embarcação fosse usada em água salgada. Logo, seria necessário trocar esses equipamentos constantemente por causa da corrosão gerada pela água. 

Com o ânodo de sacrifício a corrosão se torna um gasto menor, já que ainda é necessário trocar essa peça sempre que ela estiver com determinado índice de corrosão. Em todo caso, o custo se torna menor e a manutenção é muito mais simples do que trocar outros equipamentos metálicos. 

Como funcionam os metais de sacrifício?

O metal de sacrifício é justamente o metal que será oxidado para garantir que as outras peças metálicas fiquem conservadas. Por isso, o seu funcionamento é muito simples: esse metal perde elétrons para que outros metais da embarcação fiquem conservados, mesmo quando expostos ao ar, à água do mar e à arranhões. 

O ânodo pode ser fabricado com diferentes materiais, sendo que os mais comuns são magnésio e zinco. Também chamado de liga de zinco de alumínio ou alumínio podre, esse material é mais usado para ânodos em água salgada. No caso da água doce, o mais indicado é a liga de magnésio já que a eletrólise é bem menor que a água do mar. 

Leia também: Como preservar sua lancha e aumentar a vida útil

Quanto custa um anodo de sacrifício?

O ânodo deve ser trocado periodicamente para que os demais equipamentos metálicos da embarcação se mantenham em bom estado. Nesse caso, saiba que a vida útil de um metal de sacrifício depende de quanto tempo o barco ficou submerso na água. Quanto mais tempo a embarcação fica dentro da água, mais rápida é a corrosão do ânodo. 

O ideal é que essa peça seja avaliada constantemente para que o metal não atinja 100% da corrosão. Geralmente essa peça precisa de avaliação a cada 6 meses. Já a troca ocorre uma vez por ano, dependendo da corrosão do metal. Quando a corrosão atinge 60% do metal é hora de trocar o anodo

Os custos de um anodo de sacrifício variam de acordo com o material utilizado e outras características, mas o valor fica entre R$ 80,00 a R$ 280,00

Se você não sabe como fazer a manutenção do anodo de sacrifício saiba que na Marina Imperial você encontra manutenção de embarcação especializada em mecânica náutica. Conheça os serviços oferecidos em nossa marina que fica em Caraguatatuba, no Litoral Norte de São Paulo

Você já conhecia o ânodo de sacrifício? Deixe seu comentário e acompanhe a Marina Imperial nas redes sociais: Facebook e Instagram!

Veja mais posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique por dentro de novos posts

Click edit button to change this text. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit