Manutenção no casco da lancha: veja como fazer!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O que você vai ler neste post?

manutenção no casco da lancha

Precisando de uma mãozinha para fazer a manutenção no casco da lancha? Levou para casa como lembrança do último passeio com sua lancha um belo arranhão conquistado ao atracar? A pintura do casco já está maltratada e somente lavar e passar cera não basta mais? Fique ligado e descubra já o que fazer para manter sua lancha sempre em bom estado.

A gente sabe o quanto é difícil essa tarefa, ainda mais se você não conta com uma garagem náutica para realizar esses cuidados. Mas saiba que com um pouco de tempo e dedicação, você mesmo pode fazer a manutenção no casco da lancha e dependendo do caso, até mesmo fazer pequenos reparos.

Leia também: Como funciona uma garagem náutica?

manutenção no casco da lancha
Veja dicas essenciais para a manutenção no casco da lancha e tenha-a sempre com a melhor aparência e o melhor desempenho

Aprenda a realizar a Manutenção no casco da lancha 

Quando navegamos, não há como evitar que cracas, espécies marinhas e lodo grudem no casco do barco, o que além de afetar a estética, a longo prazo pode reduzir sua velocidade consideravelmente e danificar a estrutura da embarcação, causando danos que poderiam ser evitados com as medidas corretas de precaução. Isso vale para qualquer avaria – quanto antes você arrumar, melhor, pois evita que o problema gere outros ainda piores. 

Quer saber como manter uma lancha sempre em boas condições para fazer bonito na hora do lazer e aproveitar o máximo de suas navegações? Então acompanhe essas dicas do marujo para a manutenção no casco da lancha que nós separamos para lhe ajudar nessa hora. 

1. Limpeza e higienização

Uma das principais dicas de manutenção no casco da lancha é a limpeza completa da embarcação. A frequência desse procedimento dependerá de como é a guarda do barco – caso seja em vaga molhada, recomendamos que seja feita uma limpeza completa, ao menos uma vez por ano, já se for em vaga seca, a dica é a cada saída para o mar, retirar os resíduos do casco e lavar com água doce.

O primeiro passo é remover as cracas e o lodo, que podem ser retirados com um raspador de madeira para não riscar a pintura, e em seguida, lave todo o casco com água doce e detergente biodegradável, sabão neutro ou produtos específicos para esse tipo de limpeza, que não irão poluir o meio ambiente e nem degradar a superfície do barco, além de facilitar bastante a remoção da sujeira incrustada e até mesmo proteger dos efeitos da maresia

Por mais que pareça tentador pelo maior poder de limpeza e baixo custo, jamais faça o uso de sabão em pó comum, já que os componentes do produto podem manchar o barco.

2. Prefira vagas secas 

Como citamos acima, o tipo de vaga diz bastante a respeito da conservação da sua embarcação. Guardá-la em uma vaga seca e de preferência coberta, é uma das dicas mais importantes para manter sua lancha como nova. Desse modo, a higienização e todos os outros procedimentos, durarão por mais tempo, evitando que seja necessário a lavagem pesada com frequência. 

3. Realize o polimento periodicamente

Diferente de veículos terrestres, os barcos são veículos de contato, ou seja, é possível ocorrer de encostar em trapiches e outras embarcações com frequência, dependendo das condições de navegação, causando danos ao casco. Além disso, mesmo as abrigadas em vagas secas e cobertas, ficam bastante expostas às intempéries do tempo durante os passeios. 

Por isso, para trazer o brilho de volta e deixá-lo com boa aparência novamente, é indicado realizar o polimento uma vez por ano, tanto em cascos de fibra, como nos de alumínio e madeira. Para um acabamento perfeito e uniforme, o ideal é buscar por um profissional qualificado para polir, mas caso você tenha experiência ou seja uma pessoa com habilidades para executar a tarefa, faça você mesmo.

4. Passe cera náutica por todo o casco

Qualquer barco, independente do material, sofre com os efeitos da maresia e para evitar que ela danifique o casco, é necessário encerar toda a superfície lisa da embarcação.

Uma boa dica é além da limpeza completa e polimento anual, para a manutenção do brilho e boa aparência, a cada 30 dicas aplicar uma cera náutica de boa qualidade. É comum indicarem ceras automotivas para barcos, porém além de manchar o casco, elas não são específicas para essa finalidade e muito menos para a exposição intensa a água, portanto utilize somente produtos próprios com características para proteger da maresia.

5. Revista com Gel Coat

Quem tem qualquer afinidade com o mundo náutico, já deve ter ouvido falar no gel coat, ele é um dos principais procedimentos que garantem a conservação por mais tempo, além de facilitar consideravelmente a manutenção no casco da lancha

Quer saber como preservar sua lancha e aumentar a vida útil? Veja 4 dicas!

Para que serve o gel coat na manutenção do casco da lancha? 

O gelcoat é um tipo de resina que forma uma camada grossa, parecido com uma tinta, só que bem mais espessa. É um material usualmente utilizado em barcos e aviões, geralmente com uma espessura que varia entre 0.5 e 0.8 mm. Pode substituir a pintura, inclusive fazer o uso de pigmentos e após a aplicação, toma o aspecto similar ao de uma louça sanitária. 

Sua principal função é proteger a lancha do desgaste natural do tempo, de pequenos atritos, da umidade e também dos raios ultravioleta. Também é muito útil para facilitar na manutenção do casco da lancha.

Como restaurar o gel Coat?

Por mais cuidado que tenhamos e por mais que sejamos ótimos marinheiros, ao longo do tempo, pode acontecer de aparecer algumas fissuras ou rachaduras no gelcoat, deixando a fibra da lancha exposta. O que pode vir a se tornar um grande problema com o tempo, pois com a fibra exposta, ela pode absorver a água e comprometer a rigidez do casco.

Se o dano for pequeno, ou seja, se a rachadura não chegar na fibra, não serão necessárias ferramentas especiais ou conhecimento técnico para consertar, com apenas algumas lixas, gelcoat, um pouco de catalisador e paciência, você pode fazer o reparo. Veja como:

  • Caso haja rebarbas ou pontas altas para fora, antes de qualquer coisa, lixe bem e deixe-a lisa, se não, pule para o próximo passo;
  • Limpe a área com um pedaço de estopa e tinner ou alcool;
  • Prepare a mistura de catalisador e gel coat;
  • Aplique o com uma espátula por toda a avaria, sem excessos, para um acabamento fino;
  • Ao secar, lixe com uma lixa d’água até que não tenha nenhuma irregularidade. Comece por uma 360 e vá diminuindo até 600. 

Importante: é inevitável que com o tempo, o gel coat branco fique amarelado e os pigmentados desbotem, por esse motivo, dependendo da idade da pintura, não espere um acabamento imperceptível, pois provavelmente dará diferença no tom.

Como se usa o gel coat?

  • Remova as camadas antigas de gel coat com um composto de polimento ou removedor com uma esponja
  • Limpe a fibra de vidro, tire manchas de tinta ou primer da superfície usando um raspador de tinta e deixe secar;l
  • Aplique um primer ou resina de enchimento de poliéster com um rolo de espuma para cobrir toda superfície com duas a três camadas bem finas de resina e deixe secar
  • Enxágue a fibra de vidro com água e mais uma vez, deixe secar
  • Lixe toda a área com uma lixa para suavizar a superfície e deixar uniforme
  • Tinja o gel coat com o pigmento desejado, para isso, siga as instruções do fabricante
  • Coe o gel coat em um filtro de papel, adicione peróxido de metiletil cetona e encha uma pistola apropriada para esse tipo de revestimento
  • Use o revólver de spray para passar uma camada fina de resina na área desejada, espere alguns minutos para essa demão aderir e repita por mais pelo menos cinco vezes
  • Deixe o gel coat secar por pelo menos 48 horas, dependendo das condições climáticas
  • Lixe todo o casco do barco
  • Por último, lustre a fibra de vidro e encere com uma boa cera náutica para um acabamento perfeito

Qual a diferença entre gel coat e pintura náutica?

O gel coat, diferente das pinturas convencionais, é uma cobertura grossa aplicada em várias camadas, o que garante maior proteção, impermeabilização da superfície e poder de coloração, devido a sua espessura. Outra vantagem é que pode ser lixado e polido com mais facilidade, facilitando bastante a manutenção do casco da lancha.

Mantenha sua lancha como nova na Marina Imperial

Nós sabemos que é um enorme prazer cuidar de seu barco e se orgulhar de cada feito, no término dos procedimentos, com um trabalho bem feito realizado por você mesmo. Mas infelizmente, nos dias de hoje, o dia a dia está cada vez mais corrido, o que torna difícil sobrar tempo e disposição para realizar essas tarefas.

Ainda mais sabendo que os cuidados com uma embarcação vão muito além dos citados nesse artigo – é necessário sempre fazer um check up antes de adentrar a água, realizar alguns cuidados após os passeios, fazer revisões periódicas, troca dos óleos, entre muitos outros. 

Conte conosco na hora da manutenção no casco da lancha!

Se você deseja sua lancha sempre impecável esperando por você e com as melhores condições de navegabilidade, não perca tempo e contrate já os serviços da Marina Imperial! Solicite mais informações agora mesmo pelo WhatsApp e venha navegar conosco!

Acompanhe nossas redes sociais – Facebook e Instagram – e fique por dentro de tudo o que acontece na Marina!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais posts

Fique por dentro de novos posts

Click edit button to change this text. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit