fbpx
10 Dicas Náuticas que todos devem saber

10 Dicas Náuticas que todos devem saber!

O que você vai ler neste post

Os mares e rios nos proporcionam belas paisagens, entretanto, precisamos de muito cuidado e atenção para garantir uma navegação segura, por isso, elaboramos as melhores dicas náuticas neste artigo!

É de grande importância saber evitar alguns problemas e também que estejamos preparados para lidar com situações adversas em alto-mar!

Visto que mesmo após estudar e tirar a habilitação, ainda é comum que restem alguns receios na hora de pôr em prática os ensinamentos aprendidos na Escola Naval. Por esse motivo, listamos algumas valiosas dicas náuticas que todos devem saber.

São dicas de quem realmente entende do assunto, que te levarão para outro nível de navegação!

10 Dicas Náuticas que todos devem saber.
10 Dicas Náuticas para iniciantes ou não, essenciais para se aventurar em alto-mar

Dicas náuticas que todos devem saber para uma navegação segura:

1. Cheque a manutenção da embarcação

Não conte com a sorte! Esteja sempre com a manutenção em dia, assim como as revisões periódicas. Jamais saia para navegar se suspeitar de algo errado com sua embarcação.

Confira agora um check list que você precisa conferir antes de navegar:

Motor:

  • Verifique o nível de óleo lubrificante e da água com fluido do radiador e complete o necessário.
  • Ligue os motores e verifique que os engates de frente e ré estejam funcionando adequadamente e sem ruídos incomuns.
  • Verifique as correias do motor e da bomba da água se estão íntegras e sem trincos ou ressecamento.
  • Verifique as mangueiras, se estiverem muito dilatadas, flácidas ao apalpamento ou apresentando trincas de ressecamento externo deverão ser substituídas.
  • Teste suas bombas de água salgada verificando o nível de aquecimento dos motores.
  • Caso haja alguma suspeita de que um motor está trabalhando mais aquecido que o outro, verifique se o rotor de borracha não tem alguma das palhetas rompida ou quebrada, retirando a tampa traseira da bomba e visualizando o estado do .motor
  • Verifique se o copo inferior do seu filtro racor apresenta sujeira ou água. Caso haja, drene o copo pelo registro inferior até sair somente óleo limpo.
  • Verifique as conexões do tanque com os filtros racor e motor para detectar qualquer vazamento de combustível ou abraçadeira solta, o que pode provocar entrada de ar falsa que deteriora o motor.

Elétrica:

  • Verifique se as suas baterias estão em bom estado, com os terminais limpos e sem zinabre, e também se estão bem carregadas. Tenha sempre dois circuitos separados, um para a partida e outro para serviço.
  • Sempre que parar ou ancorar, desligue o circuito dos motores, para que tenha sempre uma bateria com carga para a partida.
  • Verifique seus instrumentos de painel, luzes de navegação, rádios e outros eletrônicos que tiver instalados para se certificar com o que poderá contar quando estiver navegando.
  • Teste o funcionamento de suas bombas de porão, pois elas são os alarmes para todos os problemas de alagamento da casa de máquinas.

Eixos e lemes:

  • Verifique se o selo mecânico ou gaxeta dos eixos e lemes estão com vazamentos, caso esteja vazando, solte a abraçadeira e aumente a pressão entre as duas partes até parar. No caso de gaxeta, solte a contraporca e aperte a porca principal até o vazamento ser reduzido a algumas gotas por minuto.
  • Garanta que seu bujão de drenagem esteja devidamente apertado.

2. Zele pelo bem estar de sua tripulação

Na posição de comandante do barco, cabe a você garantir o conforto e a segurança de seus tripulantes. 

Veja algumas dicas náuticas que todos devem saber para que seja uma experiência inesquecível e agradável à seus convidados.

Novatos tendem a enjoar com o barco em movimento

Caso sua tripulação nunca tenha navegado, é recomendável optar por passeios mais curtos uma rota próxima às margens. Essa estratégia vai facilitar o seu retorno se algum passageiro precisar desembarcar e evitar que essa experiência seja uma má recordação. 

Confira o material de salvatagem 

O material de salvamento exigido pela Marinha deve estar em ordem, completo e dentro do prazo de validade, especialmente os extintores de incêndio e os artefatos pirotécnicos, como os sinalizadores.

Outros itens que podem se tornar profundamente úteis para a navegação são: bússola, binóculos, cordas, radar, ecobatímetro, um kit de ferramentas, apito, alarme geral de emergência e uma lanterna elétrica.

Caso tenha bote ou balsa de abandono verifique se está tudo em ordem com eles também. 

Tenha colete Salva Vidas para todos os tripulantes, e use-o de acordo com as classes de emprego

Que seu uso é indispensável para uma navegação segura com certeza todos já sabem, mas você sabia que existem normas para o uso do Colete Salva Vidas? Veja a seguir:

Classe I

Para navegação oceânica, em águas brasileiras ou internacionais. Itens de segurança obrigatórios: gola, refletivos, luz sinalizadora, alça para resgate (Lift – loop), cabo liga-náufrago e apito.

Classe II

Para embarcações de mar aberto que operem exclusivamente em águas brasileiras. Itens de segurança obrigatórios: Gola, refletivos e apito.

Classe III

Para embarcações de navegação em interior. Águas abrigadas como; rios, lagos, beira mar e etc. Itens de segurança obrigatórios: Gola e apito.

Classe IV

Para trabalho. Fabricado para uso por longos períodos, em trabalhos realizados próximos à borda de embarcações ou suspensos por pranchas ou outros dispositivos que corram risco de cair na água acidentalmente. 

Classe V

Para atividades esportivas de alta velocidade como: jet-ski, banana-boat, esqui aquático, windsurf, parasail, pesca e pequenos veleiros. Em águas brasileiras, permite homologar embarcações de até 5m para mar aberto e de até 24m para embarcações em águas abrigadas.

3. Planeje sua viagem

Seja para navegação fluvial ou marítima, o fator responsável pelo sucesso ou desastre do seu passeio está, sem dúvidas, no planejamento.

Consulte a previsão do tempo

Ninguém merece ser surpreendido com o mau tempo ou mar agitado em meio à uma navegação, não é mesmo? Em função disso, se você quer evitar surpresas, nunca se esqueça de consultar as condições climáticas referente à data do passeio.

Saia com antecedência

Quando for navegar muitas horas seguidas, saiba que o melhor horário para sair é antes de o sol nascer, quando o vento normalmente é fraco. E se houver algum problema, você terá o dia inteiro para resolver.

Informe a Capitania dos Portos

Toda embarcação de esporte, lazer e pesqueiros devem informar a Capitania dos Portos sobre o seu ponto de partida, rota e o seu retorno.

Isso não é uma ação obrigatória, mas é uma medida de segurança e tanto em caso de incidentes durante o percurso da embarcação. O intuito é poder localizar e prestar socorro imediato em caso de sinistro ou desaparecimento da embarcação.

Procure informações sobre o local do passeio

Pergunte às pessoas que já navegaram na região como é o trajeto e se as águas são calmas ou turbulentas, por exemplo. Pois é melhor prevenir, para não ser pego de surpresa com algum imprevisto durante o passeio.

4. Macetes para economizar combustível

Muitos não sabem, mas existem algumas dicas náuticas que todos devem saber simples e práticas que podem ajudar na hora de economizar combustível do seu barco. E os benefícios são muitos, além da economia financeira, outra vantagem é que possibilita percorrer um caminho mais longo, sem a necessidade de abastecer a embarcação com tanta frequência. 

Equilibre a carga

Sempre tente distribuir os passageiros e as engrenagens de forma que seu barco possa cruzar as água facilmente com pouco trabalho.

Desacelere

A melhor maneira de reduzir o consumo de combustível é diminuir o acelerador um pouquinho. Poucos percebem isso, mas reduzindo a velocidade do seu barco de aceleração máxima para talvez dois terços, você pode reduzir o consumo de combustível em até 50%!

Mantenha seu barco limpo

Manter o fundo do barco limpo, livre de algas e surgimento de lodo, também pode gerar grande diferença na bomba de combustível. 

Modernize o motor

Os motores de popa modernos são incrivelmente eficientes em termos de combustível – a ponto de se usar muito o seu barco, você notará uma enorme economia em sua conta anual de combustível, podendo até ser suficiente para custear a compra de um novo motor.

5. Potencialize seu motor com o Power Trim

O Power Trim é um dos controles que mais pode melhorar o desempenho do motor. 

É um mecanismo, acionado por um botão no painel do barco, que tem a finalidade de ajustar o ângulo da rabeta em relação a embarcação, otimizando a eficiência do motor. Ou seja, ele muda a profundidade de imersão do hélice para que o seu barco alcance o máximo de desempenho, com uma navegação equilibrada.

6. Esteja em dia com a documentação

Antes de mais nada, é necessário tirar a habilitação náutica. Se a sua finalidade é navegar por esporte ou lazer, então você deve procurar um Despachante Náutico e tirar sua Carteira de Habilitação do Amador (CHA), para se manter regularizado e evitar problemas com a lei.

7. Vá preparado para que o passeio dure mais tempo que o previsto

Nunca saia para navegar com os insumos contados, caso seja necessário prolongar o passeio, você não quer passar por maus bocados, não é mesmo? 

Combustível:

Sempre que sair, procure ter seu tanque cheio, caso isso não seja possível, tente ter sempre o dobro do necessário para o passeio ou viagem que planeja fazer.

Água potável:

Certifique-se de ter toda a água doce possível a bordo, ou seja, saia sempre com sua caixa d’água cheia por mais curto que seja o seu passeio.

Comida:

Opte por levar alimentos leves e fáceis para ingestão,  frutas e barrinhas de cereais são sempre uma boa pedida!

8. Deixe o bom senso falar mais alto! 

  • Mantenha a distância de grandes navios para evitar manobras rápidas
  • Respeite a lotação máxima da embarcação
  • Conduza sua embarcação com prudência e em velocidade compatível para evitar acidentes
  • Se beber, passe o timão para alguém habilitado
  • Mantenha a distância das praias e dos banhistas
  • Respeite a vida, seja solidário, preste socorro
  • Não polua o mar

9. Tenha uma Carta Náutica impressa

Assim como consultamos os mapas rodoviários antes de começar uma viagem por terra em um caminho que não conhecemos, é essencial verificar as Cartas Náuticas da região antes de sair para navegar. É com este material que marcamos com segurança o rumo a seguir na viagem.

10. Aprenda a nomenclatura das partes do barco

Não há como falar em Dicas Náuticas que todos devem saber, sem mencionar a nomenclatura das partes do barco.

A seguir listamos os principais nomes que você precisa saber:

  • Proa – A frente do navio
  • Popa – A traseira do navio
  • Estibordo – O lado do navio que está à direita quando o observador olha para a proa
  • Boreste – Termo usado no Brasil em vez de Estibordo
  • Bombordo – O lado do navio que está à esquerda quando olhando para frente
  • Ponte de comando – O centro de comando da navegação
  • Superestrutura – Qualquer estrutura acima do convés da embarcação, contendo, geralmente, aponte e alojamentos
  • Cabine – Um quarto fechado num deque
  • Deques – Os “pisos” e diferentes andares do navio
  • Casco – A estrutura de flutuação que suporta o navio
  • Mastro – Um poste concebido para a suspensão das velas

Com essas dicas náuticas você está pronto para navegar!

Aqui na Marina Imperial contamos com um experiente Marujo com mais de 30 anos de Marinha, à sua disposição para sanar qualquer dúvida, seja referente à legislação da embarcação, dicas de pilotagem, ou qualquer que seja o assunto relacionado à sua embarcação!

Escute a voz da experiência! Siga atentamente essas 10 dicas náuticas que todos devem saber e proporcione momentos incríveis de relaxamento e descontração para seus convidados, navegando em rios ou mares com segurança, sem surpresas desagradáveis!

Têm alguma dúvida que não estava nesse artigo? Pergunte pro Marujo, quem sabe não vira tema para a próxima postagem! 

Não se esqueça de acompanhar nossas redes sociais – Facebook e Instagram e veja conteúdos exclusivos criados especialmente para tornar sua navegação cada vez mais prazerosa e segura!

O que você achou de nossas dicas náuticas, ficou alguma dúvida? Gostaria de compartilhar sua experiência e acrescentar alguma dica? Deixe aqui seu comentário! 

A Marina Imperial está a sua disposição! 

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *