Hélice: Confira as principais dúvidas sobre a hélice do barco!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O que você vai ler neste post?

helice

Parecida com um ventilador rotativo, a hélice é uma estrutura muito comum nos motores de barco que permite impulsionar a embarcação através da energia gerada pelo motor principal. É uma das peças mais importantes para as embarcações, pois proporciona o empuxo necessário para a movimentação do barco. 

Há diversas dúvidas sobre essa peça, incluindo quais são os tipos, como funciona, como escolher, entre outras. Reunimos várias dessas dúvidas para que você entenda um pouco mais sobre o assunto. Confira!

helice-do-barco
Saiba tudo sobre a hélice do barco!

O que é uma hélice?

Hélice é uma estrutura composta por pás que realizam o movimento de rotação. Esse movimento é gerado e transmitido pela potência do motor do barco, que faz com que a hélice se movimente e forme o empuxo que proporciona o impulso à água necessário para empurrar o barco para frente.

Trata-se de uma peça presente nas embarcações criada a partir da terceira lei de Newton e princípio de Bernoulli, que diz que toda ação gera uma reação em sentido contrário. Por isso, quando a hélice gera o empuxo o barco se move para a frente. Essa é basicamente a definição de como funciona a hélice de um barco

Leia também: Conheça os diferentes tipos de popa e suas características

Quais os tipos de hélice?

Existem vários tipos de hélices com diferentes características. Isso porque os fabricantes de embarcações criam seus próprios modelos, com base nas funcionalidades que cada tipo oferece. Mas há duas principais características que diferenciam as hélices, sendo elas a quantidade de pás e o arremesso da lâmina.

Em relação a quantidade de pás, o mais comum são as hélices de 3 a 4 pás. Quanto menor o número de pás, maior é a eficiência em alta velocidade. Saiba que existem hélices de 2 até 6 pás. Contudo, os modelos mais comuns possuem de 3 a 4 pás, confira algumas características a seguir!

  • Hélice de 3 pás: é uma opção barata, pode ser feita de liga de alumínio, proporciona um bom desempenho em alta velocidade, mas pode ser menos eficiente em baixa velocidade.
  • Hélice de 4 pás: é mais cara que a opção anterior, mas tem maior resistência e durabilidade. Pode ser feita em aço inoxidável e oferece uma maior eficiência em baixa velocidade, resultando na economia de combustível. 

Outra variação importante é o arremesso da lâmina da hélice. Há basicamente dois tipos, sendo eles: hélice de passo fixo e hélice de passo controlável. As diferenças mais marcantes é que o modelo de passo fixo é mais confiável e robusto, quando comparado ao de passo controlado. Por outro lado, a hélice de passo controlado proporciona uma melhor manobrabilidade, por isso, tem um custo maior para a fabricação e instalação.

Qual a diferença entre as hélices que existem?

A principal diferença, como mencionamos, está na quantidade de pás e no tipo de arremesso da lâmina, podendo ser passo fixo ou passo controlável. Também é válido lembrar que cada fabricante de embarcações pode confeccionar essa peça para ter um desempenho diferente em determinado modelo de barco.

Leia também: Bateria náutica, saiba como funciona e qual é mais indicada!

Qual a melhor hélice para barco?

Não existe a melhor, se considerarmos que cada hélice é mais apropriada para um determinado tipo de barco. Os modelos mais usados são as hélices de 3 a 4 pás. O ideal, se você pretende trocar a hélice do barco, é consultar o modelo mais apropriado para a sua embarcação.

Como medir hélice de barco?

Muitas pessoas tem dúvidas sobre como saber o passo da hélice e como medir a hélice de motor de popa. A verdade é que a forma mais correta de fazer essa medição é através de um contagiros, também chamado de tacômetro. Quando devidamente aferido, esse equipamento mostra com propriedade o passo da hélice para uma melhor preservação do barco e motor.

Quanto custa uma hélice de barco?

Com tantos modelos e marcas diferentes no mercado, é comum que o preço varie bastante entre as hélices que existem. O preço pode ir de menos de R$ 1.000,00 até R$ 12.000,00, dependendo do modelo. 

A hélice de 4 pás da Mercury Marine, modelo Bravo I de aço inox e de passo 28, custa aproximadamente R$ 12.200,00. Já um hélice para motor de popa Yamaha com 3 pás de passo 7.1/4, por exemplo, tem preço médio de R$ 169,00.

Leia também: Saiba a importância das defensas marítimas!

Como tirar a hélice do motor de popa?

Substituir uma hélice de barco não é tão difícil quanto parece. Mas é um procedimento que precisa ser feito com cautela, pois pode trazer prejuízos para as peças da embarcação e até colocar sua vida em risco. 

O primeiro passo para a substituição é saber como retirar a hélice do motor da forma correta. Veja a seguir algumas dicas:

  1. Desligue o cabo positivo da bateria, o corta circuito e os cabos de vela. Retire totalmente a chave para evitar uma partida acidental.
  2. Retire a trava da hélice (também chamada de cupilha).
  3. Coloque uma madeira entre a hélice e a placa de cavitação, sem segurar a hélice com a mão.
  4. Use um torquímetro para desaparafusar (não se esqueça de marcar o tork, pois precisará dele para instalar a hélice nova).
  5. Retire a porca da rosca e a hélice. 

Como montar a hélice do motor?

Se você já tem uma hélice para substituir, o próximo passo é montar a hélice novamente no motor do barco. Lembrando que o passo a passo para retirar a hélice está logo acima, então você pode consultá-lo para fazer a retirada corretamente. 

Depois de tirar a hélice do motor, siga essas etapas para montar a nova hélice no seu barco:

  1. Limpe o eixo adequadamente e passe uma graxa para lubrificar.
  2. Coloque o calço deixando a parte mais larga na direção da rabeta e a mais encostada na hélice.
  3. Coloque a hélice com cuidado no eixo.
  4. Caso tenha algum calço, coloque-o para auxiliar na instalação.
  5. Coloque a porca na rosca e faça o torque considerando o torque necessário para retirar a hélice no passo a passo anterior.

Lembrando que todos esses procedimentos devem ser realizados com o barco no ponto neutro. 

Leia também: Acessórios para barcos, quais você deve ter?

Como recuperar hélice de barco?

A hélice do seu barco está danificada? A melhor forma de recuperar a peça é consultando um especialista em barcos, como um mecânico que você encontra aqui na Marina Imperial. Ele poderá conferir se a peça pode ser realmente recuperada ou não. Isso porque, se estiver muito danificada, pode trazer riscos para seus passeios de lancha. 

Se tiver conserto, a hélice deverá receber o tratamento de acordo com o problema apresentado. 

Depois de todas essas informações, você provavelmente já é um expert em hélice de barco. Mas se ficou alguma dúvida, conte nos comentários. Nós estamos prontos para te responder. Para mais informações e dicas siga a Marina Imperial nas redes sociais (Facebook e Instagram).

Veja mais posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique por dentro de novos posts

Click edit button to change this text. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit